Regimes de contratação para estações de tratamento e reúso de água, esgoto e efluentes

regimes de contratação turnk-key BOT

A implantação de todas as estações de tratamento projetadas pela Sharewater pode se dar através de diversos modelos de contrato:

  • Fornecimento de estudos de viabilidade.
  • Fornecimento de projetos básicos ou executivos.
  • Soluções turn-key, que incluem não só os projetos, mas também toda a execução e comissionamento da estação de tratamento, que é entregue ao cliente pronta para uso.
  • Soluções turn-key e posterior operação da estação de tratamento.
  • Regimes de B.O.T..

O regime de B.O.T. (build, operate and transfer, ou seja, execução, operação e transferência da tecnologia ao final do contrato) consiste em um modelo de contrato de alta atratividade ao cliente, onde a Sharewater realiza todo o investimento necessário para a implantação e operação da estação de tratamento.

Desta forma, o cliente elimina toda a necessidade de investimentos e todos os riscos inerentes à implantação e operação de certos sistemas, como por exemplo a perfuração de poços ou a execução de estações de tratamento e produção de água de reúso, que são inteiramente assumidos pela Sharewater. Neste regime, após a implantação da estação, a operação também é de responsabilidade da Sharewater, que garante o fornecimento de água dentro dos padrões de qualidade pré-estabelecidos entre as partes.

O cliente é responsável apenas pelo fornecimento do espaço necessário à implantação da estação de tratamento e pelo pagamento pela sua operação de forma proporcional ao volume de água tratada. Após o término da vigência do contrato, a estação é transferida à custódia do cliente sem nenhum custo adicional.