Projeto e implantação de estações de tratamento e reúso de água, esgoto e efluentes

estações de tratamento de água, esgoto ou efluentes para reúso

A Sharewater projeta as mais diversas estações de tratamento de água, esgoto ou efluentes, visando tanto o aproveitamento ou reúso quanto apenas a adequação da qualidade da água para descarte em redes de coleta ou cursos d’água. Seus projetos incluem tanto estações de tratamento novas quanto o retrofit de estações de tratamento existentes e são desenvolvidos através do uso de modernas ferramentas de simulação e dimensionamento e de modelagem em 3D, abrangendo todos os subsistemas hidráulicos e elétricos necessários.

A implantação destas estações de tratamento pode se dar através de diversos modelos de contrato:

  • Fornecimento de consultoria, projetos de concepção, básicos ou executivos e acompanhamento de obras.
  • Soluções turn-key, que incluem não só os projetos, mas também toda a execução e o comissionamento da estação de tratamento, que é entregue ao cliente pronta para uso.
  • Regimes de B.O.T. (build, operate and transfer, ou seja, execução, operação e transferência da tecnologia ao final do contrato) onde a Sharewater realiza todo o investimento necessário para os projetos, execução e operação, sendo o cliente responsável apenas pelo fornecimento do espaço necessário à estação e pelo pagamento pela sua operação de forma proporcional ao volume de água tratada.

Estações de tratamento de esgoto

Uma estação de tratamento de esgoto pode servir tanto para a adequação da qualidade do efluente para o seu descarte como também para o reúso da água tratada. O reúso, em especial, proporciona grande economia, tanto através da substituição do uso de água potável em processos que não a exigem, como com a diminuição do descarte de esgoto para as redes coletoras, que é cobrado pelas empresas de serviços públicos de água e esgoto. As estações de tratamento e reúso de esgoto são especialmente indicadas aos empreendimentos que possuem uma alta e constante geração de esgoto e que apresentam um elevado consumo em fins que não necessitam de água potável, como descargas sanitárias, irrigação, lavagem de pisos, sistemas de ar condicionado e os mais diversos processos industriais, entre outros.

Estações de tratamento de água cinza

Uma estação de tratamento e reúso de água cinza possui benefícios similares aos de uma estação de tratamento de esgoto. Sua particularidade consiste na captação de esgoto apenas de fontes que não incluam efluentes provenientes de bacias sanitárias e pias de cozinha, o que diminui bastante a carga orgânica do efluente e permite, consequentemente, a adoção de processos de tratamento mais simples e de menor custo quando comparados aos processos de tratamento de esgoto. São indicadas aos empreendimentos que buscam os benefícios do reúso de água a partir de menores investimentos iniciais e maior facilidade operacional.

Líquido percolado ou lixiviado de aterros sanitários (chorume)

O resultado da degradação de componentes do lixo orgânico dos aterros sanitários é chamado de líquido percolado de aterros sanitários ou chorume. Trata-se de um resíduo perigoso para o ambiente, devido à sua baixa biodegradabilidade, sua alta carga de compostos orgânicos tóxicos e, desse modo, acaba por contaminar águas subterrâneas e causar problemas de saúde pública.
A tecnologia empregada atualmente em sistemas de tratamento de chorume não é eficiente e apresenta aumento contínuo de contaminantes no aterro, apenas aumentando o passivo ambiental. A Sharewater promoveu estudos nesta área e desenvolveu novas tecnologias, com obtenção de alta qualidade do permeado tratado, alta capacidade de tratamento e baixa geração de resíduos.

Efluentes industriais e estações de tratamento diversas

Cada tipo de água contaminada tem uma composição química e carga de contaminantes específica, exigindo, assim, processos de tratamento customizados. A Sharewater realiza estudos de tratabilidade e projeta estações de tratamento cuja sequência de processos é definida sob medida para cada tipo de efluente, seja para adequação da qualidade para descarte, seja para reúso.

Sistemas de captação e aproveitamento de água de chuva

Os sistemas de captação e aproveitamento de água de chuva são uma excelente oportunidade para a redução do consumo de água potável. São sistemas de custo relativamente baixo e especialmente indicados para empreendimentos com grandes áreas de telhados e que apresentam consumo elevado em fins que podem se utilizar de água não potável, como descargas sanitárias, irrigação, lavagem de pisos, sistemas de ar condicionado e os mais diversos processos industriais, entre outros.

A implantação dos sistemas de captação e aproveitamento de água de chuva desenvolvidos pela Sharewater apresenta um custo especialmente baixo devido à otimização do dimensionamento dos reservatórios (tipicamente os elementos do sistema cuja implantação apresenta o mais alto custo) através de uma metodologia desenvolvida internamente que se utiliza da simulação computacional do sistema para a determinação do volume ótimo de reservação e da área ótima de captação, ou seja, que proporcionam o melhor retorno do investimento.

Estações de tratamento de água de superfície e subterrânea

A substituição de água da concessionária é vantajosa também para usos potáveis, uma vez que ela tende a ser mais cara que a água potável de outras ofertas. Além disso, certos empreendimentos simplesmente não contam com acesso aos serviços públicos de água e esgoto.

A Sharewater projeta estações de tratamento de água de superfície (rios e lagos) e subterrânea tanto para uso potável como para uso não potável. Através de suas parcerias consolidadas ao longo dos anos, atua também na perfuração de poços e execução de sistemas de captação em cursos d’água.